Pandemia acelera procura por locação de imóveis com contratos flexíveis

Com a pandemia, a possibilidade de trabalho remoto ou em períodos curtos em uma cidade viraram uma tendência mundial. No Brasil não é diferente. Há inúmeros casos em que a pessoa precisa passar um período longe de casa por conta do trabalho em uma empresa ou para um tratamento médico de acompanhamento intensivo. E há ainda quem esteja em um período de adaptação numa nova cidade. Enfim, são pessoas que buscam um imóvel mobiliado para locação com urgência, por um curto espaço de tempo ou prazo indefinido, adequado às suas necessidades e sem muita burocracia.

Plataformas digitais de locação crescem impulsionadas pela expansão do mercado imobiliário 

ficar-bem-aos-40

O segmento de venda e locação de imóveis registrou crescimento, segundo o Painel do Mercado Imobiliário – PMI. De acordo com os dados, o número de imóveis usados, vendidos ou alugados, registrou um aumento de 52%, em 2020, se comparado a 2019. 

Assim como outros setores da economia, o mercado imobiliário teve que se adaptar rapidamente às novas exigências e comportamentos dos clientes e se lançar no digital. Porém, a Shortstay já havia identificado esta necessidade e foi pioneira em oferecer soluções flexíveis de aluguel na internet. Há mais de 8 anos, a empresa curitibana ajuda locadores e locatários a se conectarem e acelerarem o fechamento de negócios, por meio de sua plataforma digital de locação de imóveis mobiliados e centrais com contratos flexíveis de no mínimo 30 dias.

“A tecnologia está no DNA da Shortstay. Nascemos no digital. Quando a pandemia começou, já tínhamos todo o processo de locação de imóveis pronto e rodando totalmente online. Isso nos deu uma grande vantagem competitiva neste momento tão delicado e conseguimos crescer mesmo em meio ao cenário de incertezas. De certa forma, a pandemia contribuiu com a mudança no comportamento do consumidor, que teve que se adaptar rapidamente para ir ao banco, ao mercado, comprar comida e até alugar um imóvel on-line. Mesmo os consumidores mais resistentes foram obrigados a mudar”, explica Fernanda Feres, CEO da Shortstay.

Ainda segundo Fernanda, a Shortstay foi inovadora na utilização do tour virtual em 3D para eliminação das visitas presenciais com acompanhamento de corretor aos imóveis. Porém, antes da pandemia uma parcela dos clientes ainda era resistente em fechar o contrato de locacação 100% on-line, sem visitação presencial do imóvel. “Já tínhamos índices altos de fechamento de contratos on-line comparados aos demais players do mercado. Aproximadamente, 70% dos nossos contratos eram fechados pela plataforma. Porém, ainda tínhamos que explicar e convencer muito as pessoas a aceitarem o processo de locação totalmente digital. Após a pandemia, o índice de fechamento de contratos on-line ultrapassou os 90, alcançando um patamar que sempre desejamos desde a nossa criação”, conta.  

Agilidade, economia, organização e design

ficar-bem-aos-40
crédito: divulgação

Em contrapartida ao sistema tradicional de locação, na versão digital, o cliente pode encontrar o imóvel que melhor atende sua necessidade de forma mais livre e prática, realizar visitas virtuais e ter atendimento via Whatsapp sem burocracias. “Apesar do processo de locação da Shortstay ser 100% on-line, nossos clientes também contam com o suporte de um consultor para escolher a melhor opção de imóvel mobiliado para sua estadia e esclarecer todas as dúvidas. Além disso, por meio do tour virtual 3D,  que utiliza imagens reais do imóvel, é possível conhecer vários imóveis de maneira rápida, remota e em poucos cliques, sem perder tempo e principalmente, sem sair de casa”, ressalta Fernanda.  

Ainda de acordo com Fernanda Feres,  a Shortstay está cada vez mais focada em trazer soluções que permitam versatilidade e conveniência na hora de escolher um imóvel mobiliado para locação de curta duração. “Hoje, por meio de uma ferramenta de medição disponível no nosso tour virtual, o futuro inquilino pode saber online se um móvel que ele já tem vai caber no imóvel que está interessado em locar. Isso evita que ele precise visitar presencialmente o imóvel antes de fechar contrato, por exemplo. Esses processos trazem agilidade, economia e organização para quem está locando imóvel e comodidade para o proprietário”, destaca. 

Outra inovação que a Shortstay implementou em 2020 foi a criação do Shortstay Design, braço de negócios focado na decoração dos apartamentos para locação. Essa necessidade surgiu em função da mudança do comportamento do consumidor que, ao longo da pandemia, teve que realizar o fechamento da locação 100% on-line. “Nunca foi tão essencial caprichar nas imagens do site, deixar os apartamentos bem equipados com tudo que o futuro morador procura. As unidades que passam pelos serviços do Shortstay Design são sempre as primeiras a serem escolhidas no site”, finaliza. 

Sobre a Shortstay

Fernanda Feres, CEO da Shortstay

A Shortstay é pioneira e líder do mercado local, especializada no aluguel de apartamentos e flats mobiliados em Curitiba com contratos flexíveis por 30 dias ou mais. Sua principal vantagem competitiva para o cliente morador está na agilidade do aluguel, no processo de reserva on-line e no site repleto de fotos de alta qualidade, tour virtual 3D, descrições e tarifas detalhadas para cada apartamento. Assim, o futuro inquilino não precisa sair de casa para escolher o melhor lugar para sua estadia em Curitiba.

“As pessoas buscam agilidade, segurança, contratos mais flexíveis e não tem tempo para a perder com documentações. Ao mesmo tempo, querem conhecer detalhes do imóvel que está locando, sem precisar visitar presencial o local. Por isso, o processo totalmente virtual faz tanto sucesso”, ressalta Fernanda Feres, CEO da Shortstay.

Gestora de mais de 560 apartamentos mobiliados na região central de Curitiba, a Shortstay também oferece ao seu cliente proprietário total conveniência cuidando de tudo no imóvel para ele. Desde o gerenciamento e pagamento das contas sempre em dia como toda parte de contratos, vistorias, manutenções, limpezas e tudo o que for necessário durante a jornada da locação. “Temos clientes que nem moram no Brasil e nós fazemos tudo por ele, desde a escolha do apartamento, montagem de todos os móveis e decoração além da gestão completa da locação. Ele recebe a prestação de contas mensal e nós fazemos todo o trabalho”, explica Fernanda. 

Conheça a Shortstay

Site – https://shortstaycuritiba.com.br/ 
Instagram – https://www.instagram.com/shortstaycuritiba/
e-mail: info@shortstaycuritiba.com.br
Telefone e WhatsApp: (41) 3019-8186
Rua Marechal Floriano Peixoto 228 , Cj 1804 – CEP 80010130 – Curitiba/PR 

Nina Machado

Jornalista, especialista em marketing digital e gestão de pessoas trocou o mundo corporativo em busca de uma vida mais conectada com seu propósito. Em 2019 criou o projeto Ficar Bem aos 40 para abordar assuntos do universo feminino 35+. Além disso, é co-editora do Corra Mais e repórter do Inova Mais, ambas editorias do portal RIC Mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo